Tenha resultados na sua carreira controlando a ansiedade

Tempo de leitura: 5 minutos

A ansiedade, junto com a depressão, é um dos grandes males da atualidade. Ambas andam juntas. De modo geral, a ansiedade pode desencadear o desânimo característico da depressão: você quer ou precisa fazer alguma coisa e começa a pensar, muitas vezes, de modo irresistível, nas eventuais dificuldades que terá para cumprir sua tarefa. A partir daí, começa a desejar que o tempo passe mais rápido, para que você possa começar logo a fazer- principalmente se for algo que você não quer fazer, se for um problema inevitável que você precisa enfrentar. Mais ainda, você deseja fortemente que o final da história chegue, você deseja os “pós”, o “depois”; isto é o motor dos famosos “atos falhos”, de você, por exemplo, estar ansioso por ter que fazer um discurso e iniciá-lo com a despedida, o que é tragicômico. Então, logo após a descarga de ansiedade, vem o desânimo, que é a ilusão de que você não terá sucesso, de que você não será capaz de enfrentar determinadas coisas ou de cumprir outras. Por fim, a inércia: você simplesmente fica parado. Cansou-se, só de pensar. Ficou exausto. E se desanimou.

O desânimo também é uma fuga provocada pelo medo. Você começa a postergar tarefas, começa a deixar as coisas para a última hora, para “quando não tiver mais jeito”. O resultado quase certo disso é que você terá que fazer as coisas com pressa. É quase certo que suas tarefas serão malfeitas, mal executadas. E isto, certo ou tarde, lhe trará sérios problemas no trabalho. As pessoas começarão a duvidar de sua capacidade. Poderão achar que você é um relaxado, que não leva o trabalho a sério; que não poderão contar com você num momento de crise, que demanda firmeza e dedicação.

Você se preocupa, que nada mais é do que se ocupar antecipadamente com algo que nem aconteceu- e que na verdade você nem sabe se vai acontecer. O fato é que o futuro é uma incógnita, uma incerteza. Logo, qualquer preocupação demasiada com o porvir é desperdício de tempo e de energia. Não é que você não vá pensar de jeito nenhum em coisas futuras, não é necessário abandonar qualquer tipo de planejamento, é apenas uma questão de medida: conforme diz o ditado, “Nem tanto ao mar, nem tanto à terra”. Tudo é uma questão de medida. Dize que o veneno está na quantidade. Pouco, cura, em demasia, pode matar.

A ansiedade, que brota na sua mente, termina acarretando diversos males físicos, palpáveis. Ela afeta sua respiração, seus batimentos cardíacos, sua pressão sanguínea, sua digestão, o ciclo do seu sono- a ansiedade é uma das grandes responsáveis pela insônia- enfim, tira você completamente de ritmo. Trata-se de algo extremamente prejudicial a sua saúde.

O primeiro passo para afastar o fantasma da ansiedade é não pensar no futuro, no resultado, no fim do jogo. Entre no jogo, faça o que você sabe, faça tudo quilo que precisa ser feito, da melhor maneira possível, e você conseguirá. Não pensar no depois fará, entre outras coisas, com que você ganhe tempo e tempo é fundamental. Não é à toa que dizem que tempo é dinheiro. Aqui há um ponto de extrema importância: você não deve afastar o fantasma da ansiedade apenas no seu turno de trabalho, mas também nos momentos de lazer. É preciso que você aproveite seus momentos de lazer, para que esteja sempre descansado e com energia para gastar no momento que é devido, no seu trabalho, na sua carreira. Procure dormir bem. Uma dica que me foi dada, para pensar de modo produtivo antes de dormir, sem provocar stress: imagine o trabalho que você tem a fazer ou aquilo que você quer que aconteça e visualize os resultados, com o máximo de detalhes possíveis. Em outras palavras, imagine o resultado, tudo pronto, perfeito, como deve ser. Deixe se contagiar pela alegria e pela paz de ver que tudo funcionou. Isto lhe trará uma grande tranquilidade, como um calmante natural. E assim será. Faça como um exercício.

É necessário também ter confiança. Confie nas suas habilidades. Como dizem por aí, “Confie no seu taco”! Ora, você certamente passou por todo um preparo para trabalhar na carreira que você escolheu ou para agarrar a oportunidade que lhe foi oferecida. Além do seu preparo- faculdade, cursos-, certamente você passou por algum tipo de treinamento específico para o trabalho que você deve executar. Não é à toa que você foi selecionado e que você vem colocando em prática o seu trabalho. Relaxe e coloque todo o seu arcabouço em prática. Toda a sua experiência é uma espécie de arquivo que você pode acessar. É claro que ninguém sabe tudo e que novos desafios estão sempre aparecendo. Basta ter calma e humildade.  Calma e humildade são duas grandes ferramentas. Pergunte o que não sabe. Pesquise. Estude sempre, não deixe de se atualizar. Neste caso, quanto mais, melhor. Sua bagagem é elástica. Sempre há espaço para mais conhecimento. Lembre-se de que a ansiedade só produz pensamentos inúteis, que crescem como uma massa fermentada, ocupando espaço na sua mente, fazendo com que você gaste energia com coisas que são totalmente descartáveis e trazendo medo, desânimo e cansaço.

Combater com coragem a ansiedade só lhe trará resultados positivos na sua carreira. Você vai deslanchar. Você há de trabalhar com mais confiança, mais segurança, será mais rápido- ou seja, mais produtivo-, suas competências ficarão mais visíveis, já que o trabalho sairá mais bem feito. A confiança e a qualidade crescentes irão atrair mais clientes, mais trabalhos e, por consequência, mais dinheiro. Você terá sucesso.